Seja bem-vindo a este blog!


Seja bem-vindo(a) a este blog!

Criado com o intuito de partilhar momentos de criatividade, numa vertente poético-fotográfica, este espaço é aberto a todos os visitantes interessados no resultado que a metamorfose das emoções possibilita.

Atrevo-me, pois, a pendurar nas "paredes" desta minha "sala de visitas", o que constitui o acervo da minha galeria de lembranças.

Obrigado pela sua visita!

Agnaldo Lima


terça-feira, 10 de abril de 2012

IX - texturas

fotografia © agnaldo lima



 
caminhar sem rumo, por ruas desertas, tendo as pedras das calçadas como espelho da própria sombra. 

é como se, na noite, as ruas se transformassem em rios silenciosos e cheios de mistérios, sobre cujo espelho d’água/luz caminha o fotógrafo, o poeta, o errante, repetindo o milenar gesto do mestre, a caminhar sobre as águas.

que buscam esses errantes seres, silenciosos e escondidos no anonimato da noite?... a quem procuram?... por quem esperam?...

as esquinas se repetem, tais guardiãs desse silêncio, cortado apenas, pelo rumor de passos, dos passageiros da noite, ora acelerados, ora tranquilos. 

é nesse ambiente, repleto de silêncios, mistérios e de espantos que a objectiva bebe, sem pedir licença, a luz com a qual, transformada em tinta, o fotógrafo escreve sobre a película.

enquanto isso, dormem em cubículos, os homens cansados. 

um cão ou outro, ladra, o vento ruge, a noite passa. 

com os primeiros raios de sol,surgem as imagens que, permanecem em silêncio, tais testemunhas estupefactas.

texto © agnaldo lima





Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo!
Deixe aqui o seu comentário e não se esqueça de voltar!
Obrigado!