Seja bem-vindo a este blog!


Seja bem-vindo(a) a este blog!

Criado com o intuito de partilhar momentos de criatividade, numa vertente poético-fotográfica, este espaço é aberto a todos os visitantes interessados no resultado que a metamorfose das emoções possibilita.

Atrevo-me, pois, a pendurar nas "paredes" desta minha "sala de visitas", o que constitui o acervo da minha galeria de lembranças.

Obrigado pela sua visita!

Agnaldo Lima


quarta-feira, 7 de março de 2012

XVIII - um corpo... um espaço... e fez-se movimento - O BAILARINO











foto © agnaldo lima & modelo © sérgio penajóia



 
“vieste, belo pássaro, pousar em meu corpo morto

acorrentado a este chão; sonho que foi quebrado

vieste matar a minha saudade de ser paisagem

vieste e eu senti de novo o cheiro da seiva verde que correu um dia em minhas veias

vieste e foi como se fosses o vento balançando na minha copa nua.”

 
texto © manuela henriques 22/03/2012







2 comentários:

  1. Agnaldo, este conjunto de fotos está lindo! Cofesso que não entendo nada de técnicas fotográficas, por isso não posso aqui reflectir a esse respeito; no entanto, o espaço, o corpo, a luz e o movimento transmitiram-me emoções que quero partilhar contigo. Então, em jeito de arremedo de poema, só para ti, te digo:

    Vieste, belo pássaro, pousar em meu corpo morto
    acorrentado a este chão; sonho que foi quebrado
    Vieste matar a minha saudade de ser paisagem
    Vieste e eu senti de novo o cheiro da seiva verde que correu um dia em minhas veias
    Vieste e foi como se fosses o vento balançando na minha copa nua

    Manuela 22/03/2012

    ResponderEliminar
  2. Manuela, fiquei sem palavras; de repente, tudo se transformou em emoção pura e muda.
    Emocionante texto!... Somente um(a) poeta consegue transformar um homem num pássaro, o qual faça sonhar a árvore já morta e reviver o tempo que passou. Tu transformaste em humano o tronco sem vida dessa árvore e, em mais humano ainda, o "pássaro" que, sobre ele, pousou como o "vento, balançando a sua copa nua".
    o personal trainer-pássaro, o bailarino-pássaro, o homem-pássaro e o homem que estava atrás da câmara fotográfica a ver nascerem essas imagens agradecem pelo teu comentário, tão profundamente tocante. Bjs.

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo!
Deixe aqui o seu comentário e não se esqueça de voltar!
Obrigado!