Seja bem-vindo a este blog!


Seja bem-vindo(a) a este blog!

Criado com o intuito de partilhar momentos de criatividade, numa vertente poético-fotográfica, este espaço é aberto a todos os visitantes interessados no resultado que a metamorfose das emoções possibilita.

Atrevo-me, pois, a pendurar nas "paredes" desta minha "sala de visitas", o que constitui o acervo da minha galeria de lembranças.

Obrigado pela sua visita!

Agnaldo Lima


domingo, 6 de janeiro de 2013

O Sábio Egípcio











fototografia © agnaldo lima
 
 
 
O Sábio Egipcio
 
Conta-se que no século passado, um turista americano foi à cidade do Cairo no Egipto, com o objetivo de visitar um famoso sábio.
O turista ficou surpreso ao ver que o sábio morava num quartinho muito simples e cheio de livros.
As únicas peças de mobília eram uma cama, uma mesa e um banco.
- Onde estão seus móveis? - Perguntou o turista.
E o sábio, bem depressa olhou ao seu redor e perguntou:
- E onde estão os seus...?
- Os meus?! - Surpreendeu-se o turista.
- Mas estou aqui só de passagem!
- Eu também... - concluiu o sábio.
 
"A vida na Terra é somente uma passagem... No entanto, alguns vivem como se fossem ficar aqui eternamente, e se esquecem de ser felizes." - Autor desconhecido.
 
"Não somos seres humanos passando por uma experiência espiritual. Somos seres espirituais passando por uma experiência humana.“ - Teilhard de Shardin
 
 
 

6 comentários:

  1. Uma sabedoria infinita que poucos alcançam.


    O meu abraço
    Sónia

    ResponderEliminar
  2. Bom dia, Sónia!
    É verdade, poucos alcançam, neste mundo materialista em que vivemos. Mas acredito que chegará o dia em que essa consciência venha a
    atingir a todos.
    Um abraço e boa continuação de um novo ano.
    Agnaldo

    ResponderEliminar
  3. http://marcoroto.tumblr.com/
    Bom Ano
    bruno

    ResponderEliminar
  4. Obrigado, Bruno, pela sua visita. Volte mais vezes.
    Bom ano para si também.
    Um abraço!
    Agnaldo Lima

    ResponderEliminar
  5. Afinal, o sábio do Egipto, até podia ser de qualquer país ou época.

    Porque a sabedoria já não tem nacionalidade ou idade.
    Porque é do mundo e renasce eternamente.
    Porque... agora
    habita aqui.

    Um abraço
    Cirilo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Cirilo, pela tua visita e comentário.
      Tens toda a razão.
      Como afirmou Liev Tolstói: "Se queres ser universal, começa por pintar a tua aldeia). Por isso, fica atento, pois o "teu sábio" pode estar a viver bem ao pé da tua porta.
      Um grande abraço e volta mais vezes.

      Eliminar

Seja bem-vindo!
Deixe aqui o seu comentário e não se esqueça de voltar!
Obrigado!